sábado, 16 de abril de 2011

Grupo Professor readaptado

Grupo Professor readaptado - para trocarmos ideias e informações:
http://br.groups.yahoo.com/group/professorreadaptado

39 comentários:

  1. Conheci seu blog ontem e admirei desde já sua coragem em repartir sua história com outras pessoas. Sou relativamente jovem (tenho 33 anos), mas o desgaste em sala de aula fez-me desenvolver um sério problema emocional e vivo me tratando há cerca de quatro anos com um psiquiatra. Tive então que optar pela readaptação, mesmo ciente que essa não é uma realidade fácil para ninguém, pois cheguei a presenciar muitos abusos sofridos por colegas readaptados. Mas eu não tive opção, pois não podia me dar ao luxo de pedir exoneração. Hoje trabalho em uma biblioteca, porém a direção é muito resistente em respeitar meus direitos, entre eles o de me deixar gozar férias em janeiro (recesso no meio do ano, então, nem pensar!). É muito difícil aproximar-me dela pois frequentemente ela me manda calar a boca ou sair de sua sala (às vezes, ambas as coisas), enfim são muitos abusos. Vivo em uma cidade do interior do NE, onde as pessoas são muito provincianas e praticamente não há veiculação desse tipo de informação. Só para você ter uma ideia, a pessoa que ocupa a presidência do sindicato está no poder há 22 anos e quanto à secretaria de educação, esta é formada por analfabetos funcionais, que não conseguem interpretar um simples texto, quanto mais a redação de uma lei. Digo isso porque estive lá, mostrei a lei que me assegura direitos, mas fui zombada. A lei que conheço é a Portaria DRHU 39/96, mas não foi aceita por ninguém. Quais são os riscos que eu corro? Devo recorrer à Justiça? Como posso proceder? Às vezes tenho tanta dificuldade em sair de casa que chego a me urinar ao chegar próximo da porta. Minha situação é muito difícil. Muitas vezes tenho vontade de morrer. O pior é ouvir gente dizer que EU sou a única responsável por isso, como se tivesse procurado ficar doente. Eu poderia me aposentar? Desculpe-me pelo comentário tão extenso, mas é que são muitas as minhas angústias e foi com grande alívio que percebi que existem outras pessoas na mesma condição que eu, até porque cheguei a pensar que tivesse mania de perseguição, embora meu psiquiatra afirme que não. Divulgarei seu blog para outros colegas na mesma situação que eu. Abraços e força sempre!

    ResponderExcluir
  2. Esse é exatamente o esquema das direções contra nós.
    Passei também por esse tipo de assédio moral por anos. E daí resolvi reagir. Era isso ou eu morria, me afundava mais em remédios, piorava mais ainda.
    Eu cheguei a ponto de não querer nem sair do quarto pra não ter que ver a diretora-ditadora da minha escola.
    A diretora daqui tinha uma irmã supervisora e era amiga da Dirigente Regional. Ou seja: tida por todos como intocável.
    Quando decidi reagir, quando decidi que era ela ou eu, só Deus me deu força pra continuar.
    Comprei um celular que filma e grava e passei a documentar as agressões. Pronto! Só por isso já diminuiu.
    Outro segredo que toda diretora sabe: faça tudo por escrito! Só professores tem medo de fazer ofício - diretoras fazem tudo por escrito para suas D.E.s
    Passei a fazer tudo por escrito, por ofício. Inclusive exigir o cumprimento da lei.
    A diretora não está acima da lei - ela está aí para cumprir em primeiro lugar.
    Por exemplo: o professor readaptado goza de férias e recesso junto com seus colegas. Ele continua a ser professor - só não está em sala de aula.
    Assim ele cumpre os dias letivos como os outros - e nada mais. E só pode fazer atividades pedagógicas.
    A lei não é aceita aí? Que absurdo é este?
    Primeiro exija por escrito o cumprimento da lei. Protocole ofício em 2 vias e fique com a cópia. Depois, se não conseguir nada, faça o mesmo na D.E e na Secretaria de Educação. Daí você está armada pra entrar na justiça.
    Não espere o sindicato. Eu nunca vi nenhum sindicalista trabalhar por readaptados. Vá à luta - você vai descobrir que é bom estar na batalha. Faz a gente se sentir melhor do que ficar sentado esperando a próxima humilhação.
    A estratégia é "bater" também, entende? No geral esse tipo de diretora nos usa como "exemplo" para manter os outros professores no terror. Não permita.
    Se a pressão for muito grande vá ao psiquiatra e tire licença. Diga que está sendo vítima de assédio moral e que pensa em suicídio. Isso te dará tempo pra descansar.
    Você pode sim tentar uma aposentadoria. E pode ver a possibilidade de mudar de escola. Ou pode enfrentar.
    Te dou uma esperança: depois de meses de briga com a diretora da minha escola e seus puxa-sacos = ela pediu exoneração! A maioria dos puxa-sacos ou mudou de escola ou reduziu a jornada. E quem ficou não aguenta nem passar perto de mim.
    Passei de humilhado à respeitado - e isso faz um bem enorme! É melhor que todas as caixas de remédio que você possa tomar e todos os tratamentos que você possa fazer.

    ResponderExcluir
  3. Olá, minha readaptaçãosaiu agora publicada dia 13/07 e tenho algumas dúvidas, gostaria de saberse posso pedir a transferência para outra escola a qualquer momento ? Se eu tenho direito de escolher o horário que eu vou trabalhar ou é determinado pela direção da escola ? E minha carga horária é básica de 30 horas então quanto tempo vou trabalhar ?

    ResponderExcluir
  4. Lidiane:

    Que eu saiba você pode pedir a transferência a qualquer momento. Precisa você querer + diretora da sua escola concordar + diretora da outra escola aceitar.
    Quem determina seu horário é sempre a direção.
    O Readaptado agora cumpre aulas e não horas. Entenda essa mudança aqui mesmo no blog:
    http://professorreadaptado.blogspot.com.br/2012/01/nova-jornada-de-trabalho-no-estado-de.html

    ResponderExcluir
  5. PARABÉNS PELO BLOG, SEREI SEGUIDORA ATÉ O FIM DE MINHA VIDA...
    HÁ 03 ANOS TRATO DE FIBROMIALGIA, MAS TENHO TIRADO POUCAS LICENÇAS MÉDICAS, NESSE ANO MUDEI RADICALMENTE DE MUNICIPIO E DIRETORIA,E, COM ESSA MUDANÇA TODA, MEU CORPO REAGIU, JÁ ESTOU 40 DIAS FORA DA SALA,E QUANDO PENSO EM VOLTAR PRA SALA PIORA TUDO, NA ESCOLA ONDE ESTOU LOTADA TEM UMA PROFESSORA READAPTADA,E,ELA 'BRIGOU' COMIGO DIZENDO QUE DEVO IR ATRÁS DE UMA READAPTAÇÃO...NÃO SEI NEM POR ONDE COMEÇAR,ACHO ATÉ UMA VERGONHA FALAR QUE JÁ ESTOU NA REDE HÁ 17 ANOS,E,NÃO SABER NADA SOBRE O ASSUNTO, MAS AGORA ESTOU APRENDENDO...ENFIM...GOSTARIA DE SABER, SE COM FIBROMIALGIA E ARTRITE REUMATÓIDE TEM DIREITO Á READAPTAÇÃO??SE SIM O QUE DEVO FAZER???DESDE JÁ GRATA...ROSEMARY.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosemary:

      Para ser readaptada você precisa estar em licença médica.
      Fibromialgia é uma doença séria - porém os peritos não a levam a sério. Assim invista na artrite.
      Para ser readaptada sua doença precisa ser crônica e impedir você de dar aulas. Assim você precisa estar em licença médica.
      Depois de meses de licença você entra com um ofício no DPME pedindo sua readaptação. Eles vão te chamar (mas demora) e você vai passar por uma perícia para esse fim.
      Nessa hora leve um atestado médico pedindo sua aposentadoria ou readaptação, um relatório médico detalhado falando do seu estado, exames e receitas com os remédios que você toma.
      Não tenha vergonha - você não pediu pra ficar doente.

      Excluir
    2. SOU PROFESSORA READAPTADA POR FIBROMIALGIA.FUI READAPTADA POR SEIS MÊSES DEPOIS DEFITIVAMENTE POR SER UMA DOENÇA CRÔNICA, ISTO É, POR NÃO TER CURA.DEI ENTRADA NO RH(DEPERTAMENTO ADMISTRATIVO DE RECURSOS HUMANOS) DO MUNICÍPIO QUE TRABRALHO JUNTO COM LAUDO MÉDICO. DEPOIS ELES ENVIO ISSO PARA A JUNTA MÉDICA ONDE VOCÊ É CHAMADO PARA PASSAR POR TRÊS MÉDICOS E DAR COMO FAVORÁVEL A SUA READAPTAÇÃO POR SEIS MÊSES,POR UM ANO OU DEFINITIVAMENTE.ATENÇÃO! É IMPORTANTE QUE SUA MÉDICA COLOQUE NO LAUDO POR QUANTO TEMPO VPCÊ SERÁ READAPTADA. APÓS A JUNTA MÉDICA SER FAVORÁVEL ELES ENVIÃO PARA O GABINETE DO PREFEITO ONDE ELE ASSINA E ENVIA O OFÍCIO PARA A SUA ESCOLA.

      Excluir
  6. OBRIGADA PELA ORIENTAÇÃO, ALÉM DA MÉDICA REUMATOLOGISTA, ESTOU EM TRATAMENTO COM UM MÉDICO PSIQUIATRA,E É ELE QUE ESTÁ ME AFASTANDO DA SALA DE AULA, ELE ME DISSE QUE DEMORA UNS DOIS ANOS PARA SAIR A READAPTAÇÃO,E,QUE NO DIA SOU AVALIADA POR 03 MÉDICOS:PSIQUIATRA, REUMATOLOGISTA E PROVAVELMENTE UM CLINICO,SEI QUE MINHA JORNADA ESTÁ SÓ COMEÇANDO, MAS FICO FELIZ POR NÃO ESTAR SOZINHA...MAIS UMA VEZ OBRIGADA PELA ORIENTAÇÃO,E,JÁ SEI ONDE 'CORRER' QUANDO PRECISAR DE AJUDA!!!DEPOIS DE TRÊS ANOS COM FIBROMIALGIA, PRECISEI MUDAR DE MUNICIPIO PARA DESCOBRIR QUE ALÉM DA FIBRO TENHO ARTRITE REUMATOIDE,E,SE TIVESSE 'TIRADO' LICENÇA MÉDICA DESDE A DESCOBERTA,HOJE JÁ ESTARIA EM PROCESSO DE READAPTAÇÃO,MAS...TUDO A SEU TEMPO!!!UM FORTE ABRAÇO. ROSEMARY

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosemary passei por trajetória uma pouco parecida com a sua pois tenho Lupus e precisei recorrer ao psiquiatra após dois anos e cinco meses fui readaptada, é necessário ser perseverante. Muita força e Luz amiga
      Maria Cristina

      Excluir
    2. Obrigada querida Maria Cristina pela atenção!!!

      Excluir
  7. O médico está certo. Em média 2 anos - mas pode ser um pouco mais. Enquanto isso fique em licença.
    A fibromialgia nunca vem sozinha. Ela porém agrava as outras doenças - e infelizmente não é aceita no DPME.
    Só cuidado com os calmantes e os rivotril da vida. Tenho visto estragos por uso prolongado desse tipo de medicamentos.

    ResponderExcluir
  8. Colega, a readaptação da minha mãe saiu no dia 14/07, mais só chegou um comunicado do CPP agora a tarde, então temos uma duvida: Ela é vice diretora em uma escola de outra diretoria do cargo dela, ela pode permanecer nesta escola, ou tem que vir para escola que ela é efetiva, agradeço se obter resposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Patricia:

      Tudo se resume nas seguintes perguntas:

      - readaptado pode ser vice-diretor?
      - quando a pessoa é readaptada ela tem que assumir primeiro para depois se afastar para outro cargo?

      Infelizmente eu não tenho essas respostas, já que é um caso bem diferente dos demais. Aconselho a ligar para o DRHU.

      Excluir
  9. PROFESSOR READAPTADO EIS MINHAS DÚVIDAS:
    SEI QUE HÁ CASOS E CASOS PARA SER READAPTADO, 'DIZEM' QUE QUANDO O 'PROBLEMA' É PSICOLÓGICO (DEPRESSÃO,ETC) O PROFESSOR DEVE 'TIRAR' LICENÇA UMA ATRÁS DA OUTRA COMO SE FOSSE PRORROGAÇÃO(DIZEM QUE NÃO EXISTE MAIS PRORROGAÇÃO DE LICENÇA),ATÉ MESMO NAS FÉRIAS E RECESSO, MAS SE O 'PROBLEMA' FOR FÍSICO (ARTRITE REUMATÓIDE, CORDAS VOCAIS,ETC...)NÃO PRECISA 'TIRAR' LICENÇA UMA ATRÁS DAS OUTRA ATÉ MESMO NO RECESSO,E, FÉRIAS!!!! TAMBÉM PERGUNTO COMO FICA A ATRIBUIÇÃO DE UMA PEB1-OFA,QUE ESTÁ TIRANDO LICENÇA UMA ATRÁS DA OUTRA,SE NÃO PODE 'PEGAR' AULA ENQUANTO ESTÁ DE LICENÇA?FICO NO AGUARDO SE PUDER RESPONDER,E, GRATA DESDE JÁ. ROSEMARY

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosemary:

      Não existe mais prorrogação de licença. Todas as licenças agora são iniciais.
      A maioria dos professores readaptados estavam em licença direto. Uns pediram a readaptação (ou a diretora pediu) - outros foram readaptados quando o DPME perecebeu que eles não estavam em condições de reassumir as aulas.
      No caso do OFA = saia de licença até a próxima atribuição. Daí você volta, pega as aulas, assume as aulas e sai de licença de novo.
      Eu só tenho dúvidas de como funciona a readaptação do OFA (por quanto tempo ela acontece) pois só conheço casos de efetivos readaptados. Mas a legislação prevê a readaptação para os OFAs também.

      Excluir
  10. Boa noite....gostaria de saber se tem uma legislação específica de quantos readaptados pode ter por escola... vc sabe onde encontro isso???? e qual é mais ou menos o tempo de transferência??? demora pra sair no DO????
    Obrigada pela atenção...

    ResponderExcluir
  11. Olá professor, poderia me orientar quantos aos procedimentos(documentos) após publicação pelo CAAS da Súmula em DO. Estou perdida, não encontro alguém que me oriente, em minha escola nem secretária há. Agradeço e aguardo ansiosa sua reposta.

    ResponderExcluir
  12. estou readaptada desde abril/12 e até hoje não fizeram minha jornada de readaptado na minha escola gostaria de escolher a carga máxima pois fiquei de licença aguardando readaptação durante 5 anos a última carga de aula é a de 2007 quando saí de licença ou deste ano eu não entrei nem um dia na sala??

    ResponderExcluir
  13. Sou professora readaptada em Santa Catarina, tem 40 horas ( 32 aulas) a diretora quer que eu dê 8 periodos, sendo que antes fazia 7, eu continuo sendo professor!Outra dúvida: Quando o médico dá o atestado pedindo readaptação, tenho que esperar a perícia na em casa, ou na escola dando aula? Adorei tem blog, estavamos precisando!

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem ?
    Será que vc pode me esclarecer uma dúvida ? A minha diretora disse que eu não precisa participar da atribuição de aulas, já que sou readaptada . Essa informação procede ? Obrigada desde já.

    ResponderExcluir
  15. Segundo a portaria da Secretaria da Educação você tem que ir - mas nenhuma aula lhe será atribuida.
    Todo ano é a mesma coisa. Você pode ir e pedir para assinar a ata informando que você esteve mas não pegou nada por ser readaptada.

    ResponderExcluir
  16. Olá, boa tarde...
    conheci o blog hoje e gostei muito, parabéns...
    bom, tb sou professora readaptada e estou tentando me aposentar a bastante tempo, depois da bomba do governo dizer que temos que trabalhar 30 anos para conseguir a aposentadoria fiquei muito triste e estou aguardando para ver no que vai dar...
    Tenho uma pergunta:
    Minha diretora pediu para eu me inscrever no programa Sala de Leitura, sou professora readaptada ciclo I, posso fazer a escolha por 40 horas semanais?
    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O projeto Sala de Leitura tem uma carga horária específica.
      Ao entrar nesse projeto você deve cumprir a carga horária dele - não mais a sua de readaptada.
      O problema desse Projeto é que ele é um cargo de confiança. Como coordenador. O que significa que você só fica enquanto seu desempenho for do agrado da diretora... Pense nisso.

      Excluir
    2. Eu só queria saber em que base legal o governo se apoia para nos tirar o direito à aposentadoria especial.
      Nós também realizamos atividades pedagógicas (até mais que o pessoal da gestão - já que eles também trabalham com questões de administração).
      Quando é que os nossos sindicatos vão entrar na justiça para garantir os direitos dos readaptados?
      Quando é que vão nos ver e nos defender? (porque pra eles parece que somos invisíveis...)
      Até quando seremos desprezados e esquecidos por quase todos (menos pelos que nos assediam moralmente)?

      Excluir
  17. Como se não bastasse a violência moral que a gente sofre na sala de aula, o afastamento, os peritos achando que a gente quer é dar cano no trabalho, espera de consulta com psiquiatra, preço de medicamento e etc, agora meu sobrenome mudou:
    não sou mais Rose Moraes, agora é assim: "atende aí que é telefone pra você, é a Rose readaptada". Grosseria do cassete viu ...

    ResponderExcluir
  18. Professor Readaptado,sabe me dizer se readaptada PEB1 pode trabalhar(ou pedir transferência) em escola de PEB2? E se existe alguma lei ou algo que diz qual é o limite de professores readaptados em uma escola? Desde já muito obrigada!!! Rosemary

    ResponderExcluir
  19. Respostas
    1. Boa tarde, sou professora da SEDF(Secr. de Educ. do Distrito Federal) e a mais de 2 anos faço tratamento psiquiatrico, psicologico, reumatologico, ortopedico e neurologico tenho sequela de paralisia obstétrica no braço direito com encurtamento e perda de movimentos por causa da sequela no braço direito, estou com muitos problemas no braço esquerdo, fiz cirurgia do túnel do carpo esquerdo e tenho que fazer o direito e tenho fibromialgia, no início lutei muito contra a ideia de uma possível readaptação, mas hoje já aceito bem a ideia, pelo fato das minhas inúmeras dificuldades e o pavor que sinto em voltar para sala de aula. Tenho muitas dificuldades em me aceitar hoje como sou ( com minhas limitações) no trabalho e na vida pessoal me sinto muito mal em não conseguir fazer o que fazia antes e pelo fato de muitos não acreditarem no que estou passando. Estou afastada a mais de 2 anos e estou tentando a readaptação, mas não consigo o que acha que preciso fazer? Obrigada

      Excluir
  20. Bom dia, sou professora efetiva do estado de sp, fui diagnosticada com fibromialgia e hipermobilidade articular, meu ortopedista recomendou readaptação, pois sou professora de ed. física, estou de licença médica e fiz a perícia dia 22/05 e a médica encaminhou a solicitação do meu médico para o departamento médico, será que conseguirei readaptação? Muito obrigada!
    Veridiana

    ResponderExcluir
  21. Bom dia, professor,



    Parabéns pelo seu blog! Percebi que ali tem um manancial enorme sobre o estatuto do SP.

    Você tem conhecimento sobre fontes as quais posso pesquisar sobre direitos do professor readaptado do RJ? Preciso me garantir principalmente com relação à carga horária: percebo uma tendência da direção da escola a exigir 16 horas semanais em vez de 12 como todo professor DOC II cumpre, e não diferente, era a que eu cumpria, quando estava em sala de aula...


    Na expectativa que possa me ajudar,

    ResponderExcluir
  22. Olá
    Sou Sheila e sou professora readaptada e estou trabalhando na diretoria de ensino e essa semana eles me informaram que eu deverei cumprir as minhas 30 aulas + meus 3 HTPC e mais 12 HTPL alegando que como não trabalho na escola tenho que cumprir... somos em 5 readaptados aqui e não achamos nada que fala sobre isso que temos que cumpri o quadro de horas como por exemplo 38 horas ao invés de 29... Obrigada

    ResponderExcluir
  23. Olá, Sou Nívea Maria Lopes e sou professora readaptada por uma escola onde esta a minha pasta, em 2007 pedi a transferência para uma escola perto de casa, em 2009 entrei para o projeto sala de leitura, só que neste ano mudou de Diretora e ela não quer mais que eu fique no projeto. Gostaria de saber se eu devo voltar para a escola de origem ou posso ficar na escola que estou, mesmo não fazendo parte do projeto, afinal antes de ser professora da sala de leitura eu já trabalhava como professora readaptada no mesmo lugar.

    ResponderExcluir
  24. Estou com nódulo nas cordas vocais.Posso pedir readaptação,visto que sou professora efetiva peb 1 há 7 anos no estado de sp?

    ResponderExcluir
  25. Gostaria de saber também se posso ficar readaptada no estado e continuar o exercício normal no meu cargo da prefeitura,visto que neste sou professora de CEI(creche),e não faço o uso constante da voz?Desde já agradeço

    ResponderExcluir
  26. Alguem pode esclarecer sobre a cassação de liminar que transformava horas relogio em horas aula? Eu fui beneficiado, pois trabalhava 40 horas semanais e desde que surgiu a liminar passei a cumprir 30 horas. Quem puder dê todos os detalhes.
    Gratos

    ResponderExcluir
  27. Minha esposa fez perícia para readaptação em Pres. Prudente/SP em 17/12/2013. Quanto tempo, em média, tem demorado a publicação pós Perícia?

    ResponderExcluir
  28. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  29. Sou professora readaptada e efetiva, gostaria de saber se caso a minha readaptação seja cessada o que acontece comigo já que o meu cargo, ou seja, minhas aulas foram disponibilizadas, sou obrigada a ir para outra escola mesmo sendo efetiva, não tenho direito mais às minhas aulas? Não tenho interesse em voltar para sala de aula, mas tenho medo do perito não dar continuidade já que somos tratados como lixo mesmo. Estou no final dos dois primeiros anos de readaptação e aguardando nova perícia para dar continuidade, e é aí que tenho medo.

    ResponderExcluir
  30. Sônia Maria da Silva
    Sou professora fazia ratamento com psiquiatra por muita depressão mas a pericia não queria mas dar continuidade fiquei com medo parei com o tratamento que já era de três anos voltei para sala de aula não aguentei ficar na sala exonerei meu cargo o que faço preciso voltar sera que posso entrar com uma ação para para anular o pedido de exoneração foi publicada na dia 1º de março

    ResponderExcluir

Os comentários passarão pela moderação antes de serem publicados.